fio de prumo

Fevereiro 29 2012

 

"O Secretário de Estado da Cultura admitiu ontem em entrevista à TVI-24, vir a alterar, até 2015, algumas regras do novo Acordo Ortográfico, que já está em vigor nos organismos do Estado desde Janeiro deste ano.

Manifestando o seu desacordo com algumas normas, Francisco José Viegas lembrou que "do ponto de vista teórico, a ortografia é uma coisa artificial. Portanto, podemos mudá-la. Até 2015 podemos corrigi-la, temos essa possibilidade e vamos usá-la. Nós temos que aperfeiçoar o que há para aperfeiçoar. Temos três anos para o fazer".

Para aqueles que, como eu, são contra a assinatura deste Acordo, é preferível repensar, ouvir e depois decidir, a cumprir algo que está a gerar entre os portugueses enorme polémica. Os argumentos economicistas não podem ser, nesta matéria, o factor preponderante.

Já chega de perdas identitárias!

HSC

publicado por Helena Sacadura Cabral às 20:36

mais sobre mim
Fevereiro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17

19
20
22
24
25

26
27


pesquisar
 
blogs SAPO